Notícias

Formar as futuras gerações de líderes

5.ª Grande Conferência Liderança Feminina

Lisboa, de outubro de 2019
5.ª Grande Conferência Liderança Feminina
Formar as futuras gerações de líderes
A Prof. Maria de Fátma Carioca foi uma das palestrantes convidadas a integrar a 5.ª Grande Conferência Liderança Feminina, organizada pela Executiva. O evento realizou-se a 25 de outubro de 2019, no Fórum Lisboa.
Isabel Canha recebeu as 400 participantes, maioritariamente senhoras, sublinhando a “valorização da liderança feminina, empoderando e incentivando mais mulheres a chegar a lugares de topo nas organizações”. “Sabemos que os modelos do que é a liderança feminina são muito mais escassos para as raparigas do que para os rapazes. Apesar de muitas delas verem as suas mães trabalharem fora de casa, são poucas as que as veem ocupar uma posição de chefia. Sabemos que desse lado, na plateia, há também muitas mulheres que poderiam estar neste palco, e isso é extraordinário.”
“O líder sabe preparar-se a si próprio mas também é capaz de preparar a sua organização”
Convidada a debater o tema da liderança feminina e o papel da formação, a Prof. Maria de Fátima Carioca ilustrou que os programas de formação de executivos da AESE são “o espelho da sociedade empresarial em Portugal”. “Nos programas de alta direção, tipicamente temos 25% de senhoras. Em programas dirigidos a outros níveis de responsabilidade já chegamos aos 30 ou 40%. No nosso programa de gestão e liderança já são mais de 50% de senhoras.” 
A Professora concluiu que “o líder sabe preparar-se a sí próprio mas também é capaz de preparar a sua organização. A confiança também é uma dimensão muito importante, tal como o otimismo: se temos uma ambição e um projeto de vida é importante preparamo-nos, mas também acreditarmos que isso vai acontecer.” Maria de Fátima Carioca valorizou o desenvolvimento das soft skills, a par da literacia tecnológica e dos modelos de negócio adotados.
Artigos relacionados
A Prof. Maria de Fátma Carioca foi uma das palestrantes convidadas a integrar a 5.ª Grande Conferência Liderança Feminina, organizada pela Executiva. O evento realizou-se a 25 de outubro de 2019, no Fórum Lisboa.

Isabel Canha recebeu as 400 participantes, maioritariamente senhoras, sublinhando a “valorização da liderança feminina, empoderando e incentivando mais mulheres a chegar a lugares de topo nas organizações”. “Sabemos que os modelos do que é a liderança feminina são muito mais escassos para as raparigas do que para os rapazes. Apesar de muitas delas verem as suas mães trabalharem fora de casa, são poucas as que as veem ocupar uma posição de chefia. Sabemos que desse lado, na plateia, há também muitas mulheres que poderiam estar neste palco, e isso é extraordinário.”


“O líder sabe preparar-se a si próprio mas também é capaz de preparar a sua organização”

Convidada a debater o tema da liderança feminina e o papel da formação, a Prof. Maria de Fátima Carioca ilustrou que os programas de formação de executivos da AESE são “o espelho da sociedade empresarial em Portugal”. “Nos programas de alta direção, tipicamente temos 25% de senhoras. Em programas dirigidos a outros níveis de responsabilidade já chegamos aos 30 ou 40%. No nosso programa de gestão e liderança já são mais de 50% de senhoras.” 

A Professora concluiu que “o líder sabe preparar-se a sí próprio mas também é capaz de preparar a sua organização. A confiança também é uma dimensão muito importante, tal como o otimismo: se temos uma ambição e um projeto de vida é importante preparamo-nos, mas também acreditarmos que isso vai acontecer.” Maria de Fátima Carioca valorizou o desenvolvimento das soft skills, a par da literacia tecnológica e dos modelos de negócio adotados.


Artigos relacionados

#GCLF19: A liderança feminina hoje e no futuro
EXECUTIVA.PT  - 29-10-2019

Fotogaleria: 5.ª Grande Conferência Liderança Feminina
EXECUTIVA.PT  - 29-10-2019