Notícias

Por uma direção geral mais humanista

Uma parceria entre as Escolas Associadas do IESE

Barcelona, 15 de julho de 2019
Uma parceria entre as Escolas Associadas do IESE
O regresso ao humanismo na direção geral
O IESE lança, a 15 de julho, um livro fruto de uma iniciativa conjunta da rede de Escolas Associadas do IESE Business School.
A obra versa sobre uma visão atualizada daquilo que um CEO deve ser e fazer. 
"General management in latin and Ibero-american organizations" foi redigido pelos Professores Adrián Caldart, Joan Enric Ricart e Alejandro Carrera e inclui contribuições de cerca de 20 académicos da área de Strategic Management.
O foco incide na liderança humanística das organizações Latinas e Ibero-Americanas, tendo em linha de conta as responsabilidades atribuídas aos Chief Innovation Officer, Chief Technology Officer, Chief Financial Officer, na medida em que, por vezes, são subvalorizados face aos Diretores gerais, a face geralmente mais visível da instituição.
O livro reflete sobre modelos de inovação, de sustentabilidadee liderança em mercados emergentes, salientando casos de estudo paradigmáticos.

O IESE lança, a 15 de julho, um livro fruto de uma iniciativa conjunta da rede de Escolas Associadas do IESE Business School.

A obra versa sobre uma visão atualizada daquilo que um CEO deve ser e fazer. "General management in latin and Ibero-american organizations" foi redigido pelos Professores Adrián Caldart, Joan Enric Ricart e Alejandro Carrera e inclui contribuições de cerca de 20 académicos da área de Strategic Management.

Para o Professor da AESE Adrián Caldart: “Este projeto permitiu que 29 professores de 8 escolas de negócios partilhassemos o nosso trabalho de investigação em Direção Geral em cada um dos contextos nacionais dos respetivos países. Deste modo, a multiplicidade de experiências nacionais e de áreas de especialidade diversas dentro dos campos de estratégia, organização e governo corporativo criou uma grande riqueza de perspetivas, dentro duma visão comum da empresa, com o âmbito de ajudar as pessoas a serem melhores e a que a sociedade seja mais humana.”

O foco incide na liderança humanística das organizações Latinas e Ibero-Americanas, tendo em linha de conta as responsabilidades atribuídas aos Chief Innovation Officer, Chief Technology Officer, Chief Financial Officer, na medida em que, por vezes, são subvalorizados face aos Diretores gerais, a face geralmente mais visível da instituição.O livro reflete sobre modelos de inovação, de sustentabilidadee liderança em mercados emergentes, salientando casos de estudo paradigmáticos.