Notícias

Sobre a despenalização da eutanásia e do suicídio assistido

Mensagem da Direção

Por iniciativa de alguns partidos políticos com representação parlamentar, a Assembleia da República irá pronunciar-se sobre vários projetos de despenalização da eutanásia e do suicídio assistido. Esta questão, mais do que religiosa ou política, é ética e, nesse sentido, diz respeito a todos os cidadãos.
 
A AESE Business School, fiel aos seus princípios humanistas, entende que a vida humana deve ser respeitada desde a sua conceção até à morte natural. A vida humana tem sempre o mesmo valor, independentemente das circunstâncias. A doença ou o envelhecimento não a desvalorizam nem lhe fazem perder dignidade.

Sendo a AESE uma escola que promove programas de gestão empresarial, fá-lo incorporando os temas e desafios civilizacionais numa visão integral do mundo dos negócios, das empresas e da sociedade. Por isso, tem claro que, em cada decisão, mais além da dimensão económica ou política, há que considerar a dimensão humana dos problemas e das alternativas. Neste caso, a melhor resposta à eutanásia, encontra-se no investimento no âmbito dos cuidados paliativos.  E, neste campo, concordamos que ainda há muito a fazer no nosso país.
 
A AESE acredita na construção de uma sociedade mais justa e solidária, que garanta sempre e a todos os seus membros, qualquer que seja a sua condição ou situação, uma vida digna. Esta é uma responsabilidade social coletiva. A AESE, no que lhe é específico e no âmbito da sua missão, compromete-se a dar o seu contributo para um renovado discernimento da situação, que conduza a soluções apropriadas, novas e atuais. Este é o nosso compromisso.


Maria de Fátima Carioca
Dean da AESE