Notícias > Breakfast Seminar do AMEG

Energia: consumir menos e com eficiência

17/11/2022

Como consumir menos Energia e implementar um plano de poupança em Portugal e na Europa? Estas foram as grandes questões que espoletaram a conversa com Nelson Lage, convidado da AESE para um Breakfast Seminar, ao abrigo do programa AMEG – Advanced Management in Energy. O orador partilhou algumas recomendações, na qualidade de Presidente da ADENE – Agência para a Energia, num evento subordinado ao tema “A poupança de energia: o desafio para o Estado, empresas e famílias em contexto de crise”. A sessão realizou-se em Lisboa, a 17 de novembro de 2022.


O enquadramento atual reflete a convergência de várias crises que impactam a concretização do programa de redução do consumo energético, facto que implica grandes desafios internacionais, como: “o fortalecimento da resiliência económica, a redução das importações de energia e o reforço da defesa da UE, este último vetor com a colaboração da NATO.”

O gás natural faz parte da equação atual, com perspetiva de ser substituída por outras fontes energéticas em estudo. Enquanto o preço da eletricidade reduziu, tem-se verificado o aumento do valor do gás natural. Nelson Lage advoga que “é preciso reduzirmos o consumo e aprendermos a fazê-lo de forma eficiente.”

O Plano de Poupança de Energia para 2022-2023 contempla uma série de fatores que Nelson Lage detalhou: os sistemas de atuação, o número de medidas por áreas de atuação, os tipos de medidas, o caráter de implementação, a vigência do PPE e a articulação desta matéria com o setor. “É impensável ter um plano desta dimensão sem estabelecer pactos de poupança energética com o setor. Estes acordos permitem adequar e envolver os agentes do setor, tal como a monitorização do programa, para auscultar se estamos a fazer o que devemos” e ajustar as medidas de maneira a ajustá-lo.

Em jeito de conclusão, o convidado comentou que “não conseguimos prever o que poderá acontecer no mundo e na Europa, nos próximos 6 meses. Porém, é possível prever “o frio extremo e estagnação da economia mundial”. “A AIE alerta para o risco de falta de gás no inverno de 2023-2024, pelo esgotamento das reservas, na Europa.” No seu entender, esta é uma oportunidade para Portugal se posicionar no xadrez mundial como país exportador de gás natural, sendo, portanto: “hora de agir e de se juntarem à revolução energética”. No final, os participantes colocaram algumas questões ao orador, respondidas num ambiente de confiança profissional e de partilha, característico na AESE.



Aprendizagem e network
Os Breakfast Seminars do AMEG são encontros executivos entre líderes da área da Energia, onde os participantes partilham temas da agenda, oportunidades e desafios vividos no setor. A próxima edição do programa AMEG terá início a 7 de fevereiro de 2023 e é fruto de uma parceria entre a AESE e a APE.