Notícias > Prof.ª Maria de Fátima Carioca convidada da TSF para debater os desafios do Teletrabalho

Prof.ª Maria de Fátima Carioca convidada da TSF para debater os desafios do Teletrabalho

24/11/2020

O Fórum TSF, de 24 de novembro de 2020, desafiou a Prof. Maria de Fátima Caroca, Dean da AESE Business School, a participar numa conversa sobre “Como é que a pandemia está a mudar os hábitos de trabalho”.


Uma das principais problemáticas referidas foi a gestão das pessoas à distância, tendo em conta que depois de um regime presencial e de confinamento, surge uma figura híbrida que coloca os líderes numa posição de ter de saber “fazer equipa”, com os presentes e os colaboradores por via remota. Na verdade havia pouca tradição de teletrabalho em Portugal e poucas seriam as chefias com competências para fazê-lo eficientemente.


Segundo a Professora, “é um caminho que está a ser feito”, de uma “mudança sem retrocesso”, em busca de equilíbrio sobre o que é mais conveniente para as próprias pessoas e para as organizações.


Note-se que fazer o trabalho a partir de casa também depende das circunstâncias. Trabalhar à distância é distinto de executar uma função em situação de confinamento, onde a convivência da família e do trabalho acontece em simultâneo. Os horários de trabalho dos familiares e dos colegas também podem trazer desafios acrescidos.


Sobre o regime híbrido laboral para o qual se evolui, a Prof. Maria de Fátima Carioca referiu que exige dos líderes “um olhar diferente e ainda mais atento sobre cada um dos colaboradores.” Implica necessariamente um grau de confiança mais elevado, engenho para compreender o nível de flexibilidade que melhor se adequa, e compreender o melhor desenho da organização para que cumpra os seus objetivos. O teletrabalho faz com que cada um se questione a si próprio sobre a forma de ser mais produtivo.