AMEG




O AMEG -
Advanced Management in Energy é um programa da AESE Business School, desenvolvido em parceria com a Associação Portuguesa da Energia, que se debruça sobre os temas específicos da Energia, tendo em conta o contexto das variáveis de gestão. As sessões serão lecionadas por académicos e especialistas em Energia, com longa experiência em temas de gestão e negócios.

Enquanto produtores, prestadores de serviços, consumidores, financiadores e decisores, os gestores e executivos são atualmente chamados a tomar decisões que relevam, direta ou indiretamente, do setor energético.

 

Objetivos
• Adquirir informação relevante sobre as diversas atividades que integram a cadeia de valor do setor da energia
• Caracterizar a transição em curso e respetivos impactos na economia e na sociedade
• Desenvolver e melhorar as suas competências de gestão.

A cadeia de atividades deste setor e os desafios que enfrenta serão apresentados por conferencistas com experiência e visão adquiridas em funções de alto nível nas principais empresas do setor, alternando com a discussão de casos de estudo que proporcionam aos participantes a compreensão, o contexto e as melhores bases para a formulação de estratégias e para a fundamentação de decisões no domínio da energia.



Estrutura
Com o AMEG, os participantes adquirem informação sólida sobre as diversas áreas de atividade ligadas ao setor energético, ao mesmo tempo que aprofundam os conhecimentos sobre os principais temas e competências de gestão, melhorando as suas capacidades de
análise e decisão sobre matérias associadas ao setor.

PETRÓLEO - UPSTREAM

  • Origem e formação do Petróleo: rocha mãe; rocha reservatório.
  • Pesquisa, prospeção e produção: on-shore, off-shore, deep-offshore.
  • Fontes não convencionais (petróleo de xisto; areias betuminosas).
  • Tipos de ‘crude’, sua valorização e rendimentos na refinação.
  • Contratos de concessão; NOC, IOC; OPEC, IEA.
  • Tendências de evolução da oferta e da procura (economia, eficiência, restrições ambientais,…); ‘Peak oil’ vs ‘Peak demand’.
  • Mercados de referência do ‘crude’; cotações; efeito ‘estabilizador’ do shale oil.
  • Petróleo e mercados financeiros; ‘Contango’ e ‘Backwardation’: interpretação.

 

 

PETRÓLEO - DOWNSTREAM

  • Refinação; Refinarias ‘simples’ e ‘complexas’; produtos refinados.
  • Logística: transporte, armazenamento, distribuição.
  • Evolução do consumo - Importação/exportação.
  • Procura: perspetivas da evolução (Portugal, Europa, Mundo).
  • Regime legal de acesso às atividades de Downstream em Portugal.
  • Formação dos preços dos produtos refinados: mercados de referência.
  • Desafios que se colocam ao setor: deslocalização (carbon leakage); eletrificação da economia; descarbonização da economia.

 

 

 

 


GÁS NATURAL

  • Principais produtores tradicionais e ‘Revolução’ tecnológica do shale gas.
  • Mercados internacionais: contratos de longo prazo (take or pay).
  • Mercado spot. LNG e transição de mercado regionalizado para mercado global.
  • Mercados regionais: ‘hubs’; Interligações.
  • Transporte: gasoduto (regional) e metaneiros de LNG (globalização do mercado).
  • Unidades autónomas (UAG).
  • Armazenamento: LNG e cavernas.
  • Regime legal da comercialização; Concorrência; Estrutura de preços em Portugal.
  • Previsão da evolução do consumo Europa / Mundo; Grandes projetos.


ELETRICIDADE - PRODUÇÃO

  • Principais tipos de centrais.
  • Transporte e distribuição.
  • Centrais ‘despacháveis’e ‘não despacháveis’.
  • ‘Renováveis’ e variabilidade. Gestão das redes e equilíbrio entre a produção e o consumo.
  • Armazenamento para assegurar o balanço.
  • Regimes de produção.
  • Apoio a Renováveis e Cogeração: FIT e prioridade de injeção; transição para regime de mercado de tecnologias maduras.
  • Prosumer, microprodução.

ELETRICIDADE - DISTRIBUIÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E REDES ENERGÉTICAS

  • Mercados por grosso: OMIP, MIBEL; Mercado a prazo e à vista.
  • Mercado elétrico europeu; Interligações; Mercado de ‘reservas’ e de ‘armazenamento’; Mercado horário.
  • Concorrência e separação de atividades; Liberalização do mercado por grosso e retalho na eletricidade e gás.
  • Do comercializador único regulado aos comercializadores em concorrência.
  • Acesso à atividade de comercialização; Comercializador de último recurso.
  • Tipos de consumidores elétricos (AT, BT, BTE, BTN).
  • Tarifas; Diferenciação de ofertas; Formação do preço final.
  • Venda a clientes finais; Mudança de comercializador.
  • Estrutura do mercado (índice de Hirsch).
  • Digitalização; IoT; BigData; Smart grids; Disrupção digital nas redes energéticas.

 

 

ENERGIAS RENOVÁVEIS

  • Tecnologias de produção renovável de energia elétrica. 
  • Evolução dos custos; Tecnologias em desenvolvimento. Metas nacionais; PNAER;
  • Relevância das renováveis no sistema energético.  
  • Apoio às renováveis. FIT vs apoio ao investimento. Produção em mercado.  
  • Regimes legais da produção renovável.  
  • Variabilidade das fontes renováveis. Papel do armazenamento e dos serviços de reserva.  
  • Tarifário elétrico e ‘sobrecusto’ das renováveis. 
  • Potencial existente; Importância das interligações.  
  • Fundamentos económicos dos projetos de energias renováveis – Novos modelos de negócio e tendências disruptivas no setor.
REGULAÇÃO E MERCADOS
  • Redes de Transporte e Redes de distribuição.
  • Regime legal do transporte e distribuição em redes (concessões e licenças).
  • Supervisão regulatória. Princípios de regulação / remuneração das redes de transporte e de distribuição.
  • Regulamentos de Qualidade do fornecimento.
  • Gás Natural.
  • Gasodutos; Operadores das redes; Interconexões.
  • Terminais LNG, Armazenamento, Estações de compressão.
  • Reservas Obrigatórias; Regime tarifário.
  • Eletricidade.
  • Rede transporte e rede distribuição; Interconexões; Sub-Estações.
  • Serviços de rede; Operadores.
  • Regime tarifário.

MOBILIDADE

  • Política energética e descarbonização do setor dos transportes.
  • Veículo Elétrico – o estado da arte – perspetivas.
  • Biocombustíveis – relevância e perspetivas futuras.

 

 

POLÍTICA DE EMPRESA

  • Desenho da Estratégia e mudança organizacional. 
  • Estratégia Corporativa e Corporate Governance.
  • Estratégia Internacional e fontes de vantagem competitiva.
  • Diversificação – tipos de decisão.

 

AMBIENTE E POLÍTICA ENERGÉTICA

  • Impacto das políticas de Alterações Climáticas nos modelos de negócio e estratégia das empresas. 
  • Políticas Energéticas na União Europeia.  
  • O Setor energético do futuro – papel dos incumbentes e dos novos protagonistas.  
  • Desafios e oportunidades na eficiência energética.  
  • Impacto da digitalização na cadeia de valor do setor energético – desenvolvimento de novos modelos de negócio e relação com clientes. 
    O sistema europeu de comércio de emissões (EU Emission Trading System).
      
  • Descarbonização da oferta de combustíveis (diretivas europeias): Biomassa; biocombustiveis. 

 

OPERAÇÕES
  • Variáveis da Ação à Melhoria Contínua.
  • Gestão da Inovação.
  • Economia digital.
  • Eficiência Operacional.
  • Gestão de Risco.


MARKETING
  • Mercado, Marca e Producto.
  • Marketing Estratégico.
  • Marketing Intelligence.
  • Consumer Experience.
  • Customer Insights.
FINANÇAS

  • Finanças Corporativas.
  • Finanças Internacionais.
  • Avaliação económica de decisões.
  • Investimentos e Políticas Financeiras.
  • Project Finance.


DIREÇÃO DE PESSOAS

  • Comunicação, motivação e liderança.
  • Ética na tomada de decisão.
  • Desenvolvimento pessoal.
  • Gestão do talento.
  • Gestão de conflitos.

 

Conferencistas
A cadeia de atividades específica do setor e os desafios que este enfrenta serão apresentados por conferencistas com experiência de topo nas principais empresas do setor, oferecendo uma visão e um contexto que proporcionarão aos participantes as melhores bases para a formulação de estratégias e para a fundamentação de decisões no domínio da energia.

 

 Testemunhos

“Encontrei na AESE um conjunto de pessoas, homens e mulheres, com quem foi fácil criar empatia, uma forma similar de olhar para os problemas que nos possibilitou tirar o máximo partido do conhecimento que aqui é transmitido.
O equilíbrio de matérias técnicas, finanças e gestão de pessoas, dadas por professores de excelente qualidade é, para mim, o ideal para pessoas com um nível de responsabilidade e experiência elevado.
Na situação em que Portugal e a Europa hoje vivem, os programas de formação da AESE transmitem uma harmonia de valores que me confortaram e ajudaram a delinear o caminho a seguir.”

Manuela Silva | Vogal do Conselho de Administração, EDP - Soluções Comerciais e 38º PADE


 

 

 

 

 

“Na energia não existem mercados locais, mas sim um mercado mundial e no AMEG pudemos privar com algumas das figuras cimeiras deste mercado.”

Carlos Carvalheira
SAS PORTUGAL

 


 

 

 

 

“O AMEG ajudou-me a pôr em perspetiva a minha atividade no setor Energético e a aprender e aprofundar conhecimentos de gestão e liderança.”

Mónica Carneiro Pacheco
RUIPENA, ARNAUT & ASSOCIADOS

 

 

 

“O AMEG foi uma reflexão profunda, uma procura de mais conhecimento, um debate de pontos de vista e uma negociação das melhores ideias e soluções.”


Vera Nunes
EDP DISTRIBUIÇÃO


 

 

 


“O AMEG é um programa extremamente enriquecedor durante o qual temos a oportunidade de sair do nosso dia a dia para conhecer o setor da energia para além daquilo que é a nossa realidade.”


José Miguel Fialho Oliveira
EMPREENDIMENTOS EÓLICOS DO VALE DO MINHO



Mais informações 

Contactos
Júlia Côrte-Real
Tlf. (+351) 217 221 530
Tlm. (+351) 939 871 256


Inscreva-se aqui