Notícias > Alumni Learning Program > Um novo nível de maturidade para os Líderes do novo futuro

Um novo nível de maturidade para os Líderes do novo futuro

13/07/2021

A Prof. Maria de Fátima Carioca deu as boas vidas à última sessão integrada no ciclo de comemoração do 40.º aniversário da AESE, que se realizou a 13 de julho de 2021.


O convidado de honra foi Franz Heukamp, Dean do IESE Business School, que esteve presencialmente numa conferência dirigida aos Alumni da AESE, subordinada ao tema premente “Training Leaders for the new future”. Nesta sessão participaram 135 participantes, Alumni e Professores da AESE.


Como lidar com incerteza e volatilidade? O mundo tornou-se ainda mais complexo do que o conhecíamos há poucos anos atrás. A incerteza contínua é dificil de gerir, e segundo Franz Heukamp “drena a eneregia”. Precisamos ter um mindset específico para responder eficazmente aos desafios que a atualidade coloca.


Com a pandemia, descobriu-se “a importância dos líderes se tornarem muito mais conscientes da sua vulnerabilidade como pessoas, organizações e sociedades”. A impredictibilidade da evolução e o tempo que durará a presente situação são fatores que exigem a combinação de correntes de pensamento distintas, entre a fé na melhoria e a realidade concreta. Os líderes têm de apelar a uma visão a longo prazo, ao mesmo tempo que gerem a resolução de problemas imediatos.


Para o Dean do IESE, converter esta experiência de complexidade é determinante para o líder e para as organizações. Implica um grau de maturidade superior que reclama dos líderes um crescimento extraordinário.


Este é um momento extraordinário para atuar sobre os problemas sociais que se evidenciaram sobretudo nas redes de contacto.


Cada vez mais as empresas perguntam-se qual o seu propósito e como tornar a sua missão mais explicita para que as pessoas percebam e queiram fazer parte dela. “Nós não controlamos tudo. Os lideres precisam de ter a humildade e a determinação de pedir conselho às pessoas que os rodeiam, para que as coisas aconteçam.”


“Hoje, os líderes são chamados a ter uma grande capacidade de adaptação e de flexibilidade”: “são as pessoas que fazem as empresas e, em último caso, que esta situação seja uma oportunidade para tornar as organizações em espaços onde as pessoas se sintam felizes.


Após a sua apresentação, a conversa com seguiu seguiu com a Prof.º Maria de Fátima Carioca como anfitriã. Temas como as tendências do mercado, a importância da digitalização, o impacto dos formatos online e presencial na formação, as competências mais impactantes a desenvolver e a literacia tecnológica foram algumas matérias aprofundadas.