Notícias > AESE Saúde > Palavras de encerramento da 15.ª Assembleia de Alumni da AESE

Palavras de encerramento da 15.ª Assembleia de Alumni da AESE

25/06/2021

Tendo no presente o fim e o passado (C, 837), é fácil encerrar esta 15ª Assembleia, mais um destes encontros memoráveis dos Alumni, desde o primeiro em 14 de maio de 1988, no Ritz, até à 14.ª Assembleia, em 20 de outubro de 2017, no Estoril. Esta ficará na história da nossa Escola como uma e única, assim espero, totalmente digital, em que as circunstâncias pandémicas impediram o encontro pessoal tão valorizado e, neste caso, ausente.


Começando naturalmente pelo nosso passado, teremos a grande honra de ouvir as palavras do Senhor Presidente da República que nos reconhece como pioneiros que construíram valor – económico e humano – com valores claros e relevantes, que deixaram uma pegada institucional na sociedade portuguesa, como foi nossa intenção desde o início, assim como das pessoas que se foram juntando nestas longas e curtas quatro décadas. E não posso deixar de referir que estou muito agradecido por ter podido fazer parte dessa marca.


Evoco o presente, que agora se encerra, aproveitando umas palavras do Chanceler da Universidade de Navarra, o Beato Eng.º Álvaro del Portillo, que aprovou a nossa constituição como parceira do IESE, para agradecer à equipa organizadora: esta, lançando-se de verdade a percorrer o Itinerário da Assembleia, começando e recomeçando todas as vezes que foi necessário, com paciência, chegou com paz e alegria ao final da senda, hoje, oferecendo-nos uma jornada substancial que ficará na nossa memória. Os conceitos apresentados e desenvolvidos pelos nossos professores, assim como as informações e tendências que se desenharam nos riquíssimos e pontuais painéis, certamente vão ter valor acrescentado para as nossas empresas e para cada um de nós nos próximos tempos.


Por este benefício, reitero o agradecimento da nossa Dean no início da manhã e, agora, em vosso nome ao António Pita de Abreu, por toda a energia que comunicou à muito dedicada equipa dirigida pela Rita Lago da Silva, e a resiliência na concretização do plano académico assim como no envolvimento de um número significativo de empresas patrocinadoras (algumas aqui presentes), às quais também agradeço.


Este encerramento não é um fim, mas uma paragem antes da próxima década que se abre à nossa frente, um futuro desafiante, muito exigente, que terá de contar com a vossa continuada atenção e participação. Mas um futuro que está na mão destas pessoas que homenageámos, há momentos, sob a liderança da Prof. Fátima Carioca, da equipa executiva e da faculty, assim como de todos os demais.


Tenho consciência que o que fizermos ‘hoje’ – até agosto, em 21/21, … – será julgado pelas gerações futuras. Por contraponto à incerteza e complexidade do mundo 4.0, verificamos que se procuram os fundamentos e valores basilares – como a dignidade da pessoa humana. Assim, mais do que nunca temos a AESE nas nossas mãos e queremos colocá-la ao vosso serviço.


Não podemos desejar resolver os principais desafios do mundo e da humanidade portuguesa, bem como das empresas portuguesas, de uma forma abrangente, a não ser que trabalhemos todos em conjunto e em “modo de parceria”.