Um roadmap para organizações mais sustentáveis

05/11/2021

Muito se tem falado sobre a sustentabilidade empresarial, que não se esgota na dimensão ambiental. A AESE organizou um short program sobre “Ser mais sustentável”, a 4 e 5 de novembro de 2021, de forma a perceber quais as tendências que se avizinham.


Para esta análise, os responsáveis académicos do programa, os professores Jorge Ribeirinho Machado e Bruno Proença reuniram vários convidados de maneira a analisar o tema de um ponto de vista integral. Bruno Proença introduziu o estudo do tema com uma conferência sobre “Sustentabilidade ESG – Como é que as empresas salvam o mundo?”


No primeiro dia, foram discutidos dois casos, sendo que se abordou a sustentabilidade de uma forma mais estratégica e, depois, mais operacional, dados pelos dois diretores académicos deste short program.


Vitor Cunha, Partner na JLM&A, falou sobre os desafios de “Comunicar a Sustentabilidade”. “O pilar da Governance da Sustentabilidade” foi desenvolvido numa conferência-colóquio pelo ex-Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. Joaquim Miranda Sarmento, falou da sustentabilidade das finanças, públicas e corporativas, tendo-se seguido a conferência “RSC e a Sustentabilidade” de José António Vieira da Silva, ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.


Cátia Sá Guerreiro, Professora de Fator Humano na Organização, conduziu a discussão do caso acerca da realidade vivida no âmbito da “Cidadania Empresarial”; posteriormente orientou o painel “Responsabilidade Social Corporativa – do conceito à prática”, em que Executivos expuseram as práticas de RSC das suas empresas. Mariana Ribeiro Ferreira, Diretora de Responsabilidade Social da CUF, e João Maria Condeixa, External & Policy Affairs Manager da Janssen, foram os palestrantes.


O segundo terminou com a palestra “Os hot topics da sustentabilidade”, a cargo de Jorge Moreira da Silva, Director of the Development Co-operation Directorate, da OCDE.



O que dizem os participantes

“Aconselho vivamente o Short Program “Ser mais sustentável”, que se revelou para mim muito enriquecedor, e uma grande ajuda na conciliação da implementação dos objetivos de ESG nas organizações.


Com esta formação da AESE, acompanhados por excelentes formadores, crescemos na capacidade de construir modelos de negócio inovadores e eficientes, capazes de demonstrar a responsabilidade da nossa organização na construção de um mundo mais solidário, tornando cada organização mais forte,  capaz de enfrentar os desafios que se colocam hoje ao desenvolvimento integral e à sã sobrevivência da entidade que representamos.”

Maria José Lucena e Vale, Research and Development Officer, Direção Geral do Território


“A pertinência do tema “Ser mais sustentável” é indiscutível. A forma como a AESE preparou este Short Program, com base no método do caso, permitiu obter uma visão global sobre o tema, enriquecido por um dinâmico debate de ideias. Perceber os caminhos que são trilhados por empresas de referência, foi um importante contributo para firmarmos também o nosso caminho na sustentabilidade.”

Susana Mota, Diretora da Qualidade e Informação da Sanitop


“A constante curiosidade de aprender, levou-me a participar neste “short program” da AESE sobre Sustentabilidade (ESG + “F+D”). Os colegas pela heterogeneidade das áreas de atividade, os professores pela qualidade dos conteúdos e os palestrantes pela atualidade das reflexões e análise prospetiva dos temas e desafios apresentados, superaram significativamente as minhas melhores expectativas.”

Teófilo da Fonseca, Administrador do Millenniumbcp