O futuro do dinheiro, segundo Nuno Fernandes

[av_layerslider id='2636'] [av_layerslider id='2635'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading tag='h1' padding='15' heading='O futuro do dinheiro, segundo Nuno Fernandes' color='custom-color-heading' style='blockquote modern-quote' custom_font='' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' custom_class='' admin_preview_bg='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size=''] Notícias > Alumni Learning Program [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
21/01/2022, Lisboa
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Historicamente, o dinheiro tem adotado várias formas, assim como as suas modalidades de transação. Começando pelo facto de ser, antes de mais, uma unidade de conta, meio de troca ou pagamento e reserva de valor, a reflexão sobre o seu futuro é ampla e desafiante.
Para ajudar a concretizar o que se espera do Dinheiro Digital, o Agrupamento de Alumni da AESE convidou Nuno Fernandes, Professor Catedrático de Finanças no IESE Business School, para orador na sessão do Alumni Learning Program, a 20 de janeiro de 2022.
A procura de um sistema descentralizado, com segurança global, é um facto que provoca uma disrupção na indústria financeira, uma vez que os custos marginais são muito baixos. Para o Professor é importante fazer um equilíbrio entre a inovação e a segurança para que esta evolução seja bem sucedida.
Esta mudança comporta desafios. Para Nuno Fernndes sairão claramente beneficiados aqueles que conseguirem articular “a regulação, a inovação e a tecnologia”, criando espaço para se fazerem pequenos investimentos em produtos diversificados. Embora haja potencial, o orador alertou para o perigo da euforia, com a valorização excessiva das oportunidades do mercado.
Não obstante já dispormos de dinheiro digital, a vantagem de ter dinheiro num banco central prende-se sobretudo com o facto de oferecerem um mercado onde a moeda é mais estável, de forma a que a sua valorização não fique sujeita à volatilidade, num cenário com um número elevado de transações internacionais. “Há um potencial de 3 mil milhões de pessoas não bancarizadas. As moedas digitais aumentam o potencial em geografias em que o a moeda não é estável.”
Nuno Fernandes apresentou exemplos de bancos centrais com moedas digitais em expansão, como é o caso do Sandollar, oriunda da Bahamas.
Mais do que “cripto moeda”, o Professor prefere falar sobre “cripto ativo”, visto que encerra em si “uma volatilidade enorme, suscetível a influenciadores, coisa que não acontece com a moeda, uma reserva de valor”.
Nuno Fernandes elencou alguns exemplos ao longo da história de ativos que ganharam relevância durante um determinado período, como por exemplo os casos: da Tulipomania, da Mississipi Company, da South Sea Company, de 1929, da Dot.com e da Subprime CDO/MBS.  O grande desafio de qualquer fenómeno deste cariz consiste “em descobrir quando é que a Bolha vai acabar”.
Para o convidado existem 2 justificações para estas euforias especulativas ocorrerem: falta de memória e associar-se o poder económico ao grau de inteligência de um investidor. Note-se que existem outras variáveis como o fator sorte, a convergência da situação e a genética, entre outras, que podem jogar a favor das euforias especulativas. Existem características relacionadas com a natureza humana, que uma vez aplicadas ao mercado financeiro aumentam o grau do risco.
“Não há almoços grátis”, lembrou Nuno Fernandes. “É preciso ter em linha de conta, os princípios financeiros chave, o tempo, o risco e o cash flow.
No final, os participantes colocaram as suas perguntas ao orador.

Próximas sessões do Alumni Learning Program [/av_textblock] [/av_one_full][/av_section][av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

Miguel Albuquerque dá as boas vindas ao PADIS na Madeira

[av_layerslider id='2655'] [av_layerslider id='2656'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading tag='h1' padding='15' heading='Miguel Albuquerque dá as boas vindas ao PADIS na Madeira ' color='custom-color-heading' style='blockquote modern-quote' custom_font='' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' custom_class='' admin_preview_bg='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size=''] Notícias > AESE Saúde > Miguel Albuquerque dá as boas vindas ao PADIS na Madeira [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
21/01/2022, Lisboa
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] O Programa de Alta Direção de Instituições de Saúde da AESE arrancou na Madeira, a 21 de janeiro de 2022, no Pestana Casino. A 1.ª edição reúne 40 profissionais da área da Saúde, provenientes da Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil, do Serviço de Saúde da RAM, do Instituto de Administração da Saúde e da Direção Regional da Saúde.
O arranque do PADIS foi marcado pela presença do Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e do Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos
Organizado em parceria com a Clínica Universitária de Navarra, o PADIS decorrerá de 21 de janeiro a 8 de abril de 2022, a fim de contribuir para o aperfeiçoamento pessoal, profissional dos dirigentes das organizações de saúde. A liderar o programa encontram-se os Professores José Fonseca Pires e Adolfo González.
No final da formação, os participantes terão tido a oportunidade de treinar a capacidade de decisão, em grupos de trabalho multidisciplinares, e melhorado as capacidades para organizar, motivar e dirigir pessoas, numa lógica de otimização e racionalização dos recursos disponíveis. [/av_textblock] [/av_one_full][/av_section][av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

O impacto do marketing de influência

[av_layerslider id='2517'] [av_layerslider id='2516'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading tag='h1' padding='15' heading='O impacto do marketing de influência' color='custom-color-heading' style='blockquote modern-quote' custom_font='' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' custom_class='' admin_preview_bg='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size=''] Notícias > O impacto do marketing de influência [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
11/01/2022, Lisboa
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] A 11 de janeiro de 2022, a AESE inaugurou as sessões do Alumni Learning Program com uma conferência com o Prof. Ramiro Martins sobre “Como nos influencia o marketing de influência?”.
“O Marketing sempre teve o objetivo de nos influenciar a tomar decisões.” Apesar da capacidade de influência poder ter uma conotação negativa, na verdade, Ramiro Martins esclareceu que o conceito deve ser interpretado como a autoridade para se “ter uma opinião e que esta seja ouvida”. Neste encontro remoto, os participantes aprenderam com o responsável pela área de Política Comercial e de Marketing da AESE que “a autoridade ganha-se e perde-se”, como comprovado ao longo da história. As técnicas de influência vão-se sucedendo e o paradigma que se vive atualmente não constitui uma novidade. “Não sendo nada de novo”, o Marketing de influência destaca-se por estar indexado ao crescimento das redes sociais, cujo impacto, nos últimos anos, é indiscutível.
As prescrições diretas e indiretas, inclusivamente de muitos anónimos, vulgarizaram-se e suscitam a questão da credibilidade da sua influência. O negócio que representa hoje cerca de 13,8 biliões de dólares, fez crescer exponencialmente o agenciamento dos influenciadores.
As redes sociais facilitam as ferramentas para o cidadão comum ter visibilidade e notoriedade. Dependendo da qualidade dos conteúdos partilhados e da sua autenticidade dos mesmos, os influenciadores vão adquirindo credibilidade. O gosto pelo voyerismo é assim potenciado, com autorização dos próprios produtores de conteúdos, que expõem assim a sua vida aos outros, através de um toque num smart phone.
Ramiro Martins falou das características das “novas abundâncias e da nova escassez”, um novo paradigma de oferta e de procura que contrasta com as conhecidas nas gerações anteriores. Isto deve-se ao facto de haver “mais dinheiro, mais bens e capacidade de escolha”, num tempo em que “as necessidades e as vontades acabam por ter fronteiras cada vez mais ténues”.
Na sessão foi ainda referido o valor dos megainfluencers, a questão do rastreio imediato, com monitorização e controlo, que as ações nas redes sociais possibilitam às marcas ao ativar campanhas nestas plataformas e os riscos e as oportunidades do recurso a influenciadores para o aumento do valor da marca.
A sessão terminou com um período de perguntas colocadas pelos Alumni ao orador.

Próximas sessões do Alumni Learning Program [/av_textblock] [/av_one_full][/av_section][av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

InSocialConsulting: Voluntariado de competências em gestão para Economia social

[av_layerslider id='2634'] [av_layerslider id='2632'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading tag='h1' padding='15' heading='InSocialConsulting: Voluntariado de competências em gestão para Economia social' color='custom-color-heading' style='blockquote modern-quote' custom_font='' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' custom_class='' admin_preview_bg='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size=''] Notícias > InSocialConsulting: Voluntariado de competências em gestão para Economia social [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
11/01/2022, Lisboa
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] A AESE e a PwC lançaram a 11 de janeiro de 2022, o InSocialConsulting, uma iniciativa de voluntariado de competências de gestão junto de entidades do setor de economia social. O programa integrado no LEAP – Leadership Accelarator Program irá decorrer até ao dia 17 de maio de 2022.
Durante a manhã, os particiantes foram recebidos pela Dean da AESE, a Prof. Maria de Fátima Carioca, pela Diretora do LEAP, a Prof. Joana Ogando, e pela Diretora do GOS – Gestão das Organizações Sociais, a Prof. Cátia Sá Guerreiro.
Voluntariado de competências Através da intervenção das equipas dos jovens consultores em áreas de gestão identificadas como deficitárias por parte das entidades sociais selecionadas, a iniciativa visa a otimização dos recursos e a melhoria do desempenho das entidades beneficiárias, a fim de prestarem um serviço cada vez melhor à comunidade. Os 30 agentes da InSocialConsulting estão organizados em 6 equipas de consultores, que serão acompanhadas por um mentor e Partner da PwC. Para a implementação, os participantes usufruem de uma bolsa de horas de voluntariado.
Entidades sociais beneficiárias As entidades beneficiárias solicitaram apoio em matérias de gestão, apresentando candidatura à InSocialConsulting, em período de candidatura previamente divulgado entre antigos alunos do Programa GOS, que permitiu Foi assim possível identificar e selecionar as entidades a apoiar em matéria de apoio em gestão financeira e contabilidade, apoio em gestão de recursos humanos, transformação digital, desenho de plano de angariação de fundos, e desenho de plano de negócio. Das candidaturas recebidas, foram escolhidas: a Associação de Doentes com Lúpus, a Associação VilacomVida - a mais valia na diferença, a Delegação de Sintra da Cruz Vermelha Portuguesa, Desafio Jovem, Mary's Meals Portugal e Movimento Defesa da Vida (MDV).
Segundo a Prof. Cátia Sá Guerreiro: “A InSocialConsulting é um projeto que nasce inspirado na ponte que a AESE se propõe a promover, entre as boas práticas de gestão das instituições do setor lucrativo e as entidades de economia social, dedicadas a responder a necessidades de bem comum. Para este projeto conjunto com a PwC, muito acarinhado pela Dean da AESE, a Prof. Maria de Fátima Carioca, contamos com Pedro Martins, um Alumnus GOS com vasta experiência em intersetoralidade, que coordenará a operacionalização das estratégias de voluntariado de competências. Com este projeto pretendemos potenciar a resposta a pedidos de apoio concretos vindos da economia social, numa perspectiva win-win com o setor lucrativo”
O que dizem os parceiros? “A experiência deste programa InSocialConsulting é uma mais valia, que acrescenta valor às organizações participantes. Cria a oportunidade de colocar os dons que cada organização possue, através dos seus colaboradores, ao serviço do bem comum com ganhos para todos os intervenientes. A capacidade de inovar e chegar onde outros não têm vocação é uma das mais valias das organizações sociais. No entanto, as dificuldades devidas à falta de recursos disponíveis, quer materiais quer imateriais, e dos seus colaboradores vinculados por um priorado de afetividade ao projetos, deixa pouca margem para ver de fora aquilo que está “entranhado”. Este diálogo permite a entrada de ideias e o retorno dos que as dão à suas próprias vidas e às organizações por onde passarão.” Pedro Martins | Alumnus GOS da AESE
“O nosso propósito enquanto organização é ajudar a construir a confiança nas comunidades e países onde nos encontramos e resolver problemas importantes de uma forma sustentável. Entendemos que esta iniciativa permite não só dar vida ao nosso propósito, como também permitirá a todos os participantes obter uma visão mais ampla da sociedade em que nos inserimos e incrementar o seu conhecimento destas organizações do terceiro sector. Entendo que podemos aprender muito com estas organizações e também dar-lhes muito, colocando à sua disposição o nosso conhecimento.” Maria Torres, PwC | Partner - Deals Tax Lead Partner da PwC
“É sem dúvida de salutar que duas entidades com elevado know-how, pelo contacto permanente com culturas organizacionais distintas e respetivo sucesso dos seus negócios, possa estabelecer esta ponte que tanta diferença faz, por permitir a aproximação dos players da economia social aos mais elevados padrões de sucesso corporativos, que deverão reger também as suas estratégias e modelos de negócio social.” Associação VilacomVida - a + valia na diferença | Filipa Pinto Coelho
“Este trabalho conjunto pode e vai contribuir para esta otimização e eficiência na utilização dos vários recursos, nomeadamente em termos de horas de trabalho. O conhecimento por parte destes jovens consultores no que se refere à área financeira, associado à experiência na busca e construção de soluções, também tecnológicas, trata ao MDV a possibilidade de continuar um caminho de profissionalização da gestão financeira da instituição.” Movimento Defesa da Vida | Mariana Mira Delgado
“A preocupação da AESE e da PwC é essencial e relevante. O mundo é só um e todas as áreas da nossa sociedade devem estar interligadas na promoção do bem estar social.” Desafio Jovem | Susana Cunha Trindade
“Parece-nos que cada vez mais o mundo corporativo e o da economia social devem trabalhar em conjunto na resolução dos problemas sociais, pois ambos têm um papel fundamental. As empresas estão integradas em comunidades e devem olhar à sua volta enquanto agentes essenciais de mudança, agindo em rede e não como ilhas. A economia social pode dar importantes inputs ao mundo corporativo.” Mary's Meals Portugal | Margarida Salgueiro [/av_textblock] [/av_one_full][/av_section][av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

O Natal do Executive MBA na AESE

[av_layerslider id='2621'] [av_layerslider id='2622'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading heading='O Natal do Executive MBA na AESE ' tag='h1' style='blockquote modern-quote' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' padding='15' color='custom-color-heading' custom_font='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Notícias > O Natal do Executive MBA na AESE [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
17/12/2021, Lisboa
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] O Executive MBA AESE celebrou o Natal na AESE, de forma excecional.
Apesar da tradição de juntar num mesmo almoço os participantes, cônjuges e filhos das duas edições do programa em curso, por razões de segurança, a AESE optou por criar 2 momentos distintos para que o convívio fosse aproveitado com a maior tranquilidade possível.
O 21.º Executive MBA AESE reuniu-se para jantar a 17 de dezembro de 2021, e o 20.º para almoço, no dia seguinte. O espírito de satisfação com o programa foi partilhado pelos dois grupos, acolhidos pelos Professores em ambiente de festa. [/av_textblock] [/av_one_full] [/av_section] [av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

Doutoramento da Prof. Marta Lince Faria

[av_layerslider id='2615'] [av_layerslider id='2613'] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' scroll_down='aviaTBscroll_down' custom_arrow_bg='#f37421' id='' color='main_color' custom_bg='#ffffff' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading tag='h1' padding='15' heading='Doutoramento da Prof. Marta Lince Faria' color='custom-color-heading' style='blockquote modern-quote' custom_font='' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' custom_class='' admin_preview_bg='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size=''] Notícias > Doutoramento da Prof. Marta Lince Faria [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%']
16/12/2021, Roma
[/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] A Professora Marta Lince Faria conquistou o grau de Doutora pela Universidade Pontificia da Santa Cruz, em Roma, com a tese em Filosofia sobre "O Bem Comum Universal em São Tomás de Aquino". As provas foram prestradas a 16 de dezembro de 2021.
"O Bem Comum é um dos conceitos centrais da economia e da filosofia política, mas é também um dos conceitos mais equívocos que pode existir precisamente porque tanto bem como comum são ditos de muitas coisas e de muitas formas. Estudar o Bem Comum Universal em São Tomás de Aquino, acompanhando o pensamento de Aristóteles, permitiu-me descobrir que é possível construir uma filosofia política baseada numa base metafísica sólida. O texto mais importante da tese é o comentário de São Tomás de Aquino ao fim do livro XII da Metafísica de Aristóteles onde o Filósofo fala do Bem Comum do Universo. Na visão Tomista do Bem Comum Universal pode-se ver o carácter natural da sociedade política e de todas as instituições que esta contém, identifica-se também que existe um nível de ordem no universo, a ordem da justiça, que deve ser construído pela liberdade e criatividade humana guiando-se pela Lei Natural e é, finalmente, é possível resolver o delicado equilíbrio entre a dignidade de cada pessoa humana e a sua responsabilidade de dedicar-se apaixonadamente à construção de um mundo melhor para todos."
A Prof. Maria de Fátima Carioca, Dean da AESE, felicita-a por este sucesso. “A Professora Marta Lince Faria defendeu a sua tese, «The Common Good of the Universe According to Saint Thomas Aquinas», obtendo a máxima classificação. É com uma grande alegria que a felicitamos.
Para a Marta foi o culminar de um caminho que, com toda a sua persistência e inteligência, foi fazendo.
Para a AESE estamos gratos por termos acompanhado e acarinhado este caminho que constitui um verdadeiro “bem comum”, utilizando a expressão da Marta.
É muito bom ver fortalecido o Claustro da AESE e, no caso concreto da Marta, reconhecer como a sua investigação valoriza o pensamento e conhecimento no âmbito da Cátedra de Ética Empresarial EDP, distintiva da AESE.
Outros doutorandos encontram-se também a fazer caminho e acreditamos que, no próximo ano, teremos mais alegrias. Ânimo! Vale a pena!” [/av_textblock] [/av_one_full][/av_section][av_hr class='invisible' height='300' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' av-medium-hide='aviaTBav-medium-hide' av-small-hide='aviaTBav-small-hide' av-mini-hide='aviaTBav-mini-hide' admin_preview_bg=''] [av_hr class='invisible' height='30' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

A crise pandémica: da contração à expansão económica

[av_layerslider id='2521'] [av_layerslider id='2520'] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='default' shadow='no-shadow' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='scroll' bottom_border_style='scroll' scroll_down='' custom_arrow_bg='' id='' color='main_color' custom_bg='' src='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' video_mobile_disabled='' overlay_enable='' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading heading='A crise pandémica: da contração à expansão económica' tag='h1' style='blockquote modern-quote' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' padding='15' color='custom-color-heading' custom_font='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Notícias Alumni Learning Program [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%'] 17/12/2021 [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [/av_one_full] [/av_section] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] O Prof. Manuel Rodrigues foi o convidado da última sessão dos Alumni Learning Program em 2021. “Finanças Públicas e Recuperação Económica no Pós Pandemia” foi o tema tratado pelo Lecturer in Financial Management, no King´s College, em Londres e Conferencista da AESE Business School.
“Faz cerca de 20 meses que Covid começou a afetar as nossas vidas. Todos nós sentimos aquela que foi a maior recessão em intensidade, de que temos memória. A contração económica foi mais intensa num só trimestre do que foi ao longo de 7 anos da crise de 2008.” Manuel Rodrigues entende, quando comparamos esta crise com outras, não haver “relação possível com a magnitude do desafio que enfrentamos”. Porém “em apenas 20 meses tivemos a maior contração económica, mas também um ciclo de expansão económica”. Na verdade, “foi possível enfrentar a pandemia, salvaguardar a estabilidade financeira, e relançar a economia. E muitas economias esperam recuperar o PIB pre-pandémico já no início de 2022.”
O Professor identifica diferenças entre as duas crises. “Esta crise beneficiou de uma resposta atempada, coesa, uniforme, e global, com políticas sintonizadas – por parte dos Bancos Centrais e Governos – que permitiram reconduzir as economias globais à estabilidade e ao crescimento.”  Contudo, o sucesso que tivermos nesta segunda parte do desafio (a partir de 2022) fará a diferença entre a consolidação da recuperação e o risco de um novo abrandamento económico – tudo irá depender das políticas que forem implementadas.”
Sobre a expectativa do défice público estar próximo dos 4%, Manuel Rodrigues referiu que “é muito importante continuar a Consolidar as Finanças Públicas para fazer face a esta nova etapa da Recuperação”. “Finanças públicas sólidas é a única forma de garantir que a economia se pode continuar a financiar a custos competitivos.”
“Do ponto de vista das vulnerabilidades económico-financeiras, o mundo encontra-se hoje muito mais endividado que em 2008. A dívida das famílias, das empresas e dos países, no início da crise pandémica estava já bem acima do patamar do início da crise de 2008. O aumento destas vulnerabilidades financeiras resultou do convívio com uma década de juros baixos – e foi agora amplificada com a pandemia”
Em Portugal, “o PIB contraiu – 8,4 %, em 2020, quando comparado com - 3 %, em 2009. Em 2020, o PIB Global caiu 3,1 %, quando na crise de 2009 caiu 0,1%.” Na Mundo, “os Bancos Centrais empreenderam uma ação coordenada sem precedentes, baixando a taxa de juro diretora para zero, a fim de mitigar os impactos financeiros da pandemia”.
“Esta foi a solução atempada para estimular o crescimento e o emprego.” A recuperação está em curso e em 2021 beneficiámos de um quadro económico benigno.”
Há contudo riscos que ganham volume no horizonte: a inflação é um deles e está já bem presente. “A escalada de preços sem precedente nos produtos alimentares, metais e produtos energéticos complica as perspetivas de inflação e recorda a crise energética dos anos 70.” A projeção da inflação em dezembro de 2021 é de 4,9 % na área Euro e 6,8 % nos EUA. Portugal é o 2.º País da Zona Euro com menos inflação.” O Professor é de opinião que ainda assim “a política monetária expansionista na zona Euro deve ser mantida para evitar alargamento dos yields soberanos (periféricos) que iriam comprometer a recuperação. Haverá, contudo, que ajustar a política monetária em particular moderar a aquisição de dívida não soberana”
O Professor referiu os apoios previstos pelo PRR – Plano de Recuperação e Resiliência,  e a sua reflexão versou ainda sobre a regulação das cryptomoedas, danos ambientais, climas extremos, perda da biodiversidade entre outros... riscos que coexistem com a pandemia.
Manuel Rodrigues terminou com otimismo, considerando que “estamos a caminhar no sentido certo”.
No final da conferência, os participantes, que assistiram remotamente, colocaram questões ao orador.

Próximas sessões do Alumni Learning Program [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

Aprender a negociar

[av_layerslider id='2612'] [av_layerslider id='2611'] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='default' shadow='no-shadow' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='scroll' bottom_border_style='scroll' scroll_down='' custom_arrow_bg='' id='' color='main_color' custom_bg='' src='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' video_mobile_disabled='' overlay_enable='' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading heading='Aprender a negociar' tag='h1' style='blockquote modern-quote' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' padding='15' color='custom-color-heading' custom_font='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Notícias Short program [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%'] 22/11/2021 [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [/av_one_full] [/av_section] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] O dia a dia é feito de constantes negociações, a nível pessoal e profissional, de forma consciente e inconsciente. Para melhorar a eficiência dessas interações, a AESE organizou o short program “Negociar com excelência”, com os especialistas Agustín Avilés, Principle Teaching Fellow de Política de Empresa e de Negociação na AESE, e João Martins da Cunha, Associate de Fator Humano na Organização na AESE.
Ao longo da formação, os professores exercitaram os participantes a dominarem um conjunto de táticas e a desenvolver a perícia da negociação.
O que dizem os participantes “Tendo pouca experiência na arte de negociar, a minha expectativa era de compreender melhor os princípios fundamentais da negociação, assim como aperfeiçoar a minha técnica. As expectativas foram superadas, dado que não se tratou de uma formação igual às outras graças à forte componente prática, o que tornou a experiência ainda mais interessante e enriquecedora. Aconselharia sem dúvida qualquer pessoa a fazer este short program.” Catarina Matos | Direção de Compras da REN
“A formação “Negociar com excelência” superou em larga escala as minhas expetativas iniciais, tendo-se revelado ao longo dos dias cada vez mais dinâmica, exigente e intensa. Tudo isto só foi possível com a irreconhecível habilidade dos professores, que souberam conduzir o grupo, tirando partido do talento de cada um.” Ritah Lopes | Diretora Comercial da ERA [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

Desafios e oportunidades na Gestão Financeira, num cenário pós-Covid

[av_layerslider id='2610'] [av_layerslider id='2609'] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='default' shadow='no-shadow' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='scroll' bottom_border_style='scroll' scroll_down='' custom_arrow_bg='' id='' color='main_color' custom_bg='' src='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' video_mobile_disabled='' overlay_enable='' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading heading='Desafios e oportunidades na Gestão Financeira, num cenário pós-Covid' tag='h1' style='blockquote modern-quote' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' padding='15' color='custom-color-heading' custom_font='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Notícias GOS [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%'] 15/12/2021 [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [/av_one_full] [/av_section] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] O contexto pós pandémico apresenta desafios e oportunidades com particularidades no setor social. Para pensar na otimização de recursos, nos planos de ação e nas respostas às necessidades mais prementes, a AESE organizou um almoço de Natal seguido de uma conferência colóquio com o Prof. Manuel Rodrigues. O encontro de antigos participantes do GOS aconteceu a 15 de dezembro de 2021, na AESE, em Lisboa. O Professor de Finanças no King’s College, de Londres, e conferencista da AESE Business School procurou responder aos reptos mais prementes relacionados com a “Gestão financeira”, questões com as quais o Terceiro Setor se tem deparado com habilidade e resiliência. Que implicações tem este cenário de saída de crise, sobretudo para Portugal e, em particular, para as pessoas mais frágeis? Como será a recuperação e quando? Com que apoios pode o Setor social contar? E quais são as semelhanças e diferenças entre esta crise e as ocorridas no passado? Estas foram algumas problemáticas colocadas pela Prof. Cátia Sá Guerreiro, Diretora do GOS – Gestão das Organizações Sociais, de Lisboa. As crises são cíclicas, ocorrendo de 7 em 7 anos, e “são passageiros que nos acompanham”, referiu Manuel Rodrigues citando o Prof. José Ramalho Fontes, da AESE. “Apesar do gatilho que provoca o início de cada crise ser diferente – observa-se que diferentes crises têm mais em comum do que se poderia antever” e os passos através dos quais se desenvolvem são previsíveis. Para exemplificar, o Professor visitou alguns episódios passados como a queda da Lehman Brothers, em 2008. “Hoje enfrentamos o Covid”: “com a eclosão da pandemia e à imagem da crise de 2008, os Países periféricos da UE sofreram um agravamento das condições de financiamento soberano. O confinamento gerou um coma induzido à economia.” “O problema foi bem mais agudo do que aquilo que se passou em 2008. A crise económica do “Great Lockdown” superou largamente a crise de 2008. Em 2020, o PIB global caiu -3,1% quando na crise de 2009 contraiu 0.1%”. “A intensidade desta crise não tem comparação com crises anteriores, mas a forma como reagimos foi diferente: a resposta coordenada dos Bancos Centrais e o Programa de Compras de Emergência Pandémica do BCE evitou uma nova crise financeira.” A resposta coordenada global estabilizou da situação financeira e impulsionou a recuperação. “A vacinação mitigou a progressão da epidemia”. Segundo a literatura, a progressão de uma epidemia ocorre com um elevado risco de formação de novas variantes com  aumento de transmissibilidade, ainda que o nível de letalidade do vírus possa vir a ser inferior – e o Covid-19 tem seguido este padrão. “A economia recupera impulsionada pela ação coordenada dos Bancos centrais. Todavia, há muitos setores que estão muito vulneráveis.” De acordo com dados do Banco Central Europeu, “ao contrário de crises anteriores, e em resultado das moratórias, o nível de insolvências reduziu-se face aos níveis pre-Covid-19”. Todavia, uma vez resolvida a crise pandémica, as empresas terão de lidar com a questão financeira.” Manuel Rodrigues identifica alguns riscos no médio prazo. “A escalada de preços sem precedente de produtos alimentares, metais e produtos energéticos complica as perspetivas de inflação e recorda a crise energética dos anos 70”. A Economia Social desempenha um papel fundamental no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). O PRR é o maior plano Europeu de Investimento alguma vez implementado - 7 vezes superior ao Plano Marshall (a preços de 2020). Este é um instrumento central de apoio à economia social para redução das vulnerabilidades sociais, reforçar o SNS, e apoiar habitação, educação, cultura, entre outros eixos. Ao longo da sessão, os participantes do GOS colocaram as suas dúvidas, que foram respondidas pelo orador convidado. [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']

A gestão de carreira como um jogo de estratégia

[av_layerslider id='2513'] [av_layerslider id='2512'] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='default' shadow='no-shadow' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='scroll' bottom_border_style='scroll' scroll_down='' custom_arrow_bg='' id='' color='main_color' custom_bg='' src='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' video_mobile_disabled='' overlay_enable='' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av-desktop-hide='' av-medium-hide='' av-small-hide='' av-mini-hide='' av_element_hidden_in_editor='0'][/av_section] [av_section min_height='' min_height_px='500px' padding='no-padding' shadow='no-border-styling' bottom_border='no-border-styling' bottom_border_diagonal_color='#333333' bottom_border_diagonal_direction='' bottom_border_style='' custom_arrow_bg='' id='list-section' color='main_color' custom_bg='' src='' attachment='' attachment_size='' attach='scroll' position='top left' repeat='no-repeat' video='' video_ratio='16:9' overlay_opacity='0.5' overlay_color='' overlay_pattern='' overlay_custom_pattern='' av_element_hidden_in_editor='0'] [av_one_full first min_height='' vertical_alignment='' space='' custom_margin='' margin='0px' padding='0px' border='' border_color='' radius='0px' background_color='' src='' background_position='top left' background_repeat='no-repeat' animation='' mobile_breaking='' mobile_display=''] [av_heading heading='A gestão de carreira como um jogo de estratégia' tag='h1' style='blockquote modern-quote' size='48' subheading_active='subheading_above' subheading_size='12' padding='15' color='custom-color-heading' custom_font='' av-medium-font-size-title='' av-small-font-size-title='' av-mini-font-size-title='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] Notícias Career Management [/av_heading] [av_textblock size='' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg='rgb(241, 241, 241) none repeat scroll 0% 0%'] 13/12/2021 [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg=''] [/av_one_full] [/av_section] [av_textblock size='20' font_color='' color='' av-medium-font-size='' av-small-font-size='' av-mini-font-size='' admin_preview_bg=''] A gestão da carreira pode ser programada como um jogo de estratégia. João Azevedo e Silva, criador da Upper Side, uma empresa de referência especializada em matérias de Gestão e Aconselhamento de Carreira, recorre com frequência a esta metáfora, “por haver similitudes”. “Podemos ter estratégias diferentes que conduzem a resultados diferentes ”. A decisão depende de “como é que nós conseguimos identificar variáveis que possam de alguma forma ser instrumentais para aumentar as probabilidades de que o estado desejado – idealmente, ganhar o jogo –, possa ser alcançado. Neste caso, o que se pretende é ter uma vida profissional de maior valor acrescentado para aquilo que nós somos”.
A propósito de uma sessão de Career Management da AESE, organizada a pensar exclusivamente nos atuais participantes e Alumni do Executive MBA AESE, a 14 de dezembro de 2021, o orador focou alguns temas relevantes como: as principais “regras do jogo”, os “players”, os mitos e as falácias mais comuns, presentemente, em Portugal.
“Há 10 anos atrás, os temas de gestão de carreira não existiam desta forma”. Isso acontece essencialmente porque o contexto mudou significativa e aceleradamente. Importa "perceber que para além de competências técnicas, de gestão, de liderança, de navegação organizacional, etc..., que são viradas para o desempenho da função, existem hoje competências que têm a ver com navegação externa e com a compreensão de todas as dinâmicas dos agentes do mercado. Isto quer dizer que procurar aquelas que podem ser as fontes de informação e de insight mais relevantes e disponibilizá-las aos alunos e Alumni da AESE é uma mais valia. É dar-lhes a capacidade de acrescentar perspetivas sobre estas novas realidades.”
Para definir uma estratégia de carreira de sucesso, João Azevedo e Silva destaca 4 trunfos:
  1. “Go where the Growth is”, isto é “perceber que a vida das economias e das sociedades é altamente evolutiva e que demonstra inteligência colocarmo-nos em caminhos com maior probabilidade de gerar oportunidades, resistindo ao nicho decadente.”
  2. “Mergulhar a fundo naquilo que é a procura, porque gerir uma carreira não é um exercício de um único indivíduo, depende sempre de outros jogadores, muitas vezes com poder assimétrico.” Este fator é, “absolutamente decisivo, seja em termos de conteúdos, seja em termos de processos.”
  3. “Ter uma preocupação muito clara com a proposta de valor”, havendo necessidade dos profissionais serem “muito mais finos” com a competência que podem aportar ao negócio.
  4. E “conhecer as pessoas que contam: é uma característica fundamental em todo o lado, mais ainda num país mediterrânico. Torna-se mais relevante em funções de maior senioridade, conhecer as pessoas certas, numa lógica mais instrumentalizada (porque nos abrem as portas) ou mais conceptual (porque dominam os radares de talento).

No final do encontro, os participantes tiveram a oportunidade de colocar a suas dúvidas e obter as respostas do líder da Upper Side. [/av_textblock] [av_hr class='invisible' height='15' shadow='no-shadow' position='center' custom_border='av-border-thin' custom_width='50px' custom_border_color='' custom_margin_top='30px' custom_margin_bottom='30px' icon_select='yes' custom_icon_color='' icon='ue808' font='entypo-fontello' admin_preview_bg='']